Saiba qual é o tipo de tecido para sofá da Wiler-K ideal para você

Sofás, cadeiras, almofadas, pufes… Todo mundo tem aquele móvel queridinho na casa que precisa de uma reforma para renovar a casa e a primeira coisa a fazer é pensar nas necessidades da sua família para encontrar o estilo perfeito que cabe no seu bolso. Porém, provavelmente você já ficou perdido na hora de escolher e […]

7 de maio de 2021 2

Sofás, cadeiras, almofadas, pufes… Todo mundo tem aquele móvel queridinho na casa que precisa de uma reforma para renovar a casa e a primeira coisa a fazer é pensar nas necessidades da sua família para encontrar o estilo perfeito que cabe no seu bolso.

Porém, provavelmente você já ficou perdido na hora de escolher e comprar o tecido certo para o estofado, não é mesmo? São tantas as opções no mercado que é super normal isso acontecer.

Para muita gente, o preço, o modelo e até a cor são os requisitos mais importantes, mas também é preciso avaliar os tecidos para estofados, levando em consideração a forma como o sofá será utilizado na sua casa.

Então confira as dicas abaixo para escolher o melhor tecido de estofado para a sua família.

Chenille

O Chenille é um dos tecidos para estofado mais confortáveis, já que é bastante macio e aconchegante. Pode ser adquirido em diversas cores e estampas, sua composição inclui algodão, seda e lã.

Muito macio e aconchegante, sua estrutura aveludada já foi campeão dos tecidos para sofá, porém acabou perdendo espaço para outras opções semelhantes que surgiram no mercado.

Um dos motivos foi o acúmulo de sujeira. Como a textura exige cuidado constante, ele pode facilmente encher de pó e pelos nos vincos. Por esse motivo, o tecido não é muito indicado para quem tem problemas respiratórios ou cachorro em casa.

 

Ideal para quem tem crianças e animais em casa, o Jacquard recentemente voltou a ser tendência em peças de moda, com padronagem complexa e estampada, criada no século XVIII.

É um tecido muito resistente e de fácil manutenção, já que sua trama fechada acumula pouca sujeira e poeira.

Geralmente é um tecido mais caro e pode ser feito com diversos tipos de fio, desde os mais felpudos como o chenille, até os mais finos como a seda, proporcionando um toque de sofisticação à sala.

Linho

De propriedades antialérgicas, o Linho tem uma boa permeabilidade e sustentabilidade ecológica. Ideal para dias quentes, é um tecido bonito e elegante que geralmente é feito com tecidos rústicos feitos com uma trama simples ou tela.

Sua desvantagem está na hora de fazer a limpeza. Apesar de absorver menos sujeira do que tecidos como chenille e o suede, não é muito prático para limpar por ser mais sensível. 

O ideal aqui é contratar uma empresa especializada para fazer a higienização, mas não se preocupe, mesmo após anos de uso sua cor se mantém inalterada após várias lavagens.

Lona

Com um preço intermediário, a Lona é um tecido resistente que não suja com facilidade e ainda dá um toque despojado ao ambiente.

Feita de algodão, sua textura impermeável se difere da sarja, por exemplo, pelo seu tipo de trama mais simples e pode ser limpo de forma mais fácil.

O tecido relativamente confortável tem uma sensação térmica agradável, mas para algumas pessoas pode ser um tanto áspera. 

Sarja

Elegância, conforto e maciez são as melhores definições para combinar com o custo benefício deste tecido.

A sarja é um tecido muito leve e de longa durabilidade. Um dos tecidos ideais para quem deseja dar um toque mais charmoso ao ambiente, sua praticidade na hora da limpeza garante uma longa durabilidade.

Este tecido também é bastante resistente a manchas, o que o torna adequado para cobrir sofás de casas em que há animais de estimação e crianças pequenas.

Seda

A seda é conhecida por ser um dos tecidos mais nobres do mundo e simboliza a elegância e o luxo ostentado pelas classes mais altas.

Por ter uma textura mais delicada, ela deve ser dublada, ou seja, ter outro tecido por baixo para encorpar e pode perder sua beleza com muita facilidade se utilizada em ambientes de uso frequente.

O indicado é apostar neste tecido em itens decorativos e almofadas, para prevenir manchas e frustrações, dando aquele toque final refinado para a sua sala de estar.

Suede

O mais novo tecido para revestimentos da nossa lista, o suede logo caiu nas graças de muita gente que deixou para trás tecidos igualmente confortáveis como o chenille por ser de baixo custo.

Do tipo de camurça sintética, tem um bom preço e é fácil de limpar justamente por ser feito com fios sintéticos. O ideal é que seja impermeabilizado já que alguns líquidos podem causar manchas.

Sua textura aveludada engana quem acha que ele é feito de camurça, mas é fabricado a partir do poliéster e possui uma enorme variedade de cores e estampas que dão um toque moderno ao ambiente.

Veludo

Indicado para locais mais frios, o veludo é macio e confortável por possuir pelos curtos e densos, além de ser perfeito para quem procura por aconchego, classe e elegância.

No início era fabricado apenas com fibras 100% algodão, o que acabava deixando o produto final extremamente caro, mas hoje é comum encontrar com outros materiais mais acessíveis, como o poliéster.

O veludo pode ser propenso a sujeira e manchas, então é preciso ficar de olho para manter a limpeza em dia. Ele também não é indicado para quem tem animais, pois um fio puxado pode destruir a trama do tecido.

Na Wiler-K é possível encontrar tecidos para todas as necessidades e gostos, os produtos foram desenvolvidos para serem de fácil aplicação e não fazem sujeira ao serem limpos com pano úmido. Confira:


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/wiler-k/www/blog-new/wp-includes/functions.php on line 5219

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/wiler-k/www/blog-new/wp-includes/functions.php on line 5219